sexta-feira, 15 de julho de 2016

RECEBER NOVAS POSTAGENS NO E-MAIL

Caros Leitores desse Blog, peço muito a atenção de todos que são nossos seguidores, que se atentem a subscrição para receber sempre as novas postagens na comodidade de seu e-mail. Estamos com 656 pessoas inscritas na página, porém apenas 221 pessoas efetivamente concluíram seu cadastro. Quando colocamos nosso e-mail para subscrever e receber novas postagens diretamente no e-mail, a página envia um e-mail para sua caixa de entrada e é preciso confirmar esse e-mail. Porém acontece muito de parar na LIXEIRA ou caixa de SPAM e o usuário não observar e acabar não efetivando seu cadastro. Ficamos triste com isso, pois quase 700 pessoas poderiam estar recebendo nossas postagens em vez de apenas 221. Peço a todos os leitores desse blog que possam tentar novamente o cadastro. OBRIGADO A TODOS.

quarta-feira, 6 de julho de 2016

O TERCEIRO TEMPLO - Parte II Final

Vamos dar continuidade a segunda parte do estudo. E o terceiro templo? Pois bem meus irmãos, quando falamos dele, o profeta Daniel disse em seu livro alertando para os acontecimentos preeminentes da volta da de Jesus que éramos para ficar atentos aos sinais e que quando a abominação da desolação se assentar no lugar santo, quem lê entenda, ou seja, ali começaria a grande tribulação e a igreja no soar da última trombeta seria retirada da terra, este último está em Tessalonicenses.(2Ts 2.1-4) ORA, irmãos, rogamo-vos, pela vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, e pela nossa reunião com ele, Que não vos movais facilmente do vosso entendimento, nem vos perturbeis, quer por espírito, quer por palavra, quer por epístola, como de nós, como se o dia de Cristo estivesse já perto. Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição,  O qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. 

Jesus quando estava com seus discípulos em Mateus 24, falou da mesma maneira dos tempos do fim e mostrou a seus discípulos sobre o último templo dos tempos do fim. (Mt 24.15) - Quando, pois, virdes que a abominação da desolação, de que falou o profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda. Alguns podem dizer, mas não seria o templo que os discípulos estavam mostrando para Ele? Não, Jesus já tinha predito que aquele templo seria destruído como foi no ano 70 da nossa era (segundo templo). Mateus 24 fala exclusivamente dos sinais da sua segunda vida, não do arrebatamento, mas da sua segunda vinda com poder e grande glória, junto com os santos para a grande batalha do armagedom e para a implantação do seu reino milenial na terra. Todos os sinais que precedem sua segunda vinda devem ser bem percebidas pela igreja pois indicam como estará a terra e a qualquer momento vir o arrebatamento, mas isso é outro estudo. Pois bem irmãos, Mateus 24 fala do terceiro templo, Tessalonicenses, Zacarias, Daniel, cada um no seu contexto. Zacarias dá os detalhes de como será o templo, que indica que deve ser igual ao primeiro templo construído por Salomão, que era vistoso, enorme, com chamativa de poder. Os irmãos podem ler em Ezequiel capítulo 40 ao 46 como será o templo. 

Se então lermos o livro de Ezequiel, sabemos que o templo é enorme, e então, como fazer, pois, hoje em Jerusalém, existem duas mesquitas, aliás, uma mesquita e um templo, chamados de Domo da Rocha e Al Aqsa, ambos mulçumanos e ficam no monte do templo, onde foram construídos os dois templos de Deus, onde Abraão levou seu filho Isaque para sacrifício, onde Deus falou com Davi. Esses dois templos ou mesquitas foram construída alí no século VII, d.C, e os Judeus depois do repatriamento (lembrando sempre do cumprimento das profecias bíblicas) instituíram seu território novamente (A nação de Israel em 1948) e reivindicam a construção do templo. Lembremos que para os Judeus, Jesus não voltou ainda, eles vivem o judaísmo do A.T, esperam o Messias até hoje. Esse terceiro templo obrigatoriamente deve ser construído no monte do templo, ou monte Moriá, conforme as escrituras, porém não cabe o novo templo Judeu ali com as duas mesquitas (Domo da Rocha e Al Aqsa) e algo sobrenatural precisa acontecer para que elas sejam destruídas ou removidas. O Anticristo ordenará a construção do terceiro templo, pois conforme Livro de Daniel e Tessalonicenses, o Anticristo deve profanar o templo, logo precisa ter o templo dos Judeus que hoje não tem e deve se assentar no templo como deus, querendo ser adorado como deus. Muitas coisas vão acontecer em Israel para que seja aberto o espaço no lugar das duas mesquitas existentes lá hoje. Deus vai providenciar, seria outro estudo bem longo para mostrar aos irmãos como isso se sucederá. 

O rabino Nachman Kahane, um rabino líder em Jerusalém, nascido em 1937 tem treinado todos que estão no esforço para a reconstrução desse templo, seus alunos criaram em 1987 o instituto do templo, que visa treinar e preparar os judeus para os trabalhos no templo. Israel hoje já possui grande parte dos materiais do templo, como as vestes sacerdotais, o candelabro de ouro puro, a mesa do incenso, a menorá de ouro, instrumentos dos levitas e a mesa da propiciação, irmão voltará a ter sacrifícios ali, lembre-se que Jesus não voltou para os Judeus e eles vivem a velha aliança, veja o que disse o profeta Daniel sobre a propiciação (Dn 9.27) -  E ele firmará aliança com muitos por uma semana; e na metade da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; e sobre a asa das abominações virá o assolador, e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador. (Essa uma semana, é semana de anos, ou seja, sete anos e na metade dos sete anos o anticristo quebrará a aliança. Os 3,5 anos serão a grande tribulação e ainda para conhecimento dos irmãos, essa semana de anos é a última semana profética das setenta semanas proféticas de Daniel que Deus tem ainda para tratar com os Judeus, não com a igreja, mas que afetará todos no mundo). O anticristo fará cessar os sacrifícios e a oblação, precisamos entender isso. Irmãos, as pedras do templo já foram feitas e lavradas no estado da Califórnia, EUA. Judeus que crêem ser da tribo de Levi e da família sacerdotal são educados para os trabalhos no templo, milhares de harpas já estão preparadas e perto do número de consumação para o templo conforme requeria Davi em 2 Crônicas 23.5. Irmãos, se resta dúvidas que tudo se prepara para a reconstrução do terceiro e último templo, podem até pesquisar na internet sobre esse assunto que confirmará essa mensagem. Deus abençoe a todos.

terça-feira, 5 de julho de 2016

TERCEIRO TEMPLO EM ISRAEL - Parte I

Olá irmãos, vamos distribuir um assunto muito importante em duas partes para que seja mais fácil estudar e compreender o assunto que abordaremos, falaremos sobre a construção do último templo em Israel. Muitos cristãos quando mencionamos que no fim dos tempos haverá a construção do terceiro templo em Israel ficam estarrecidos e sempre se perguntam: Mas onde está escrito na bíblia que haverá a construção do terceiro templo? Nunca ví tal coisa escrito lá. Calma, literalmente assim não está escrito mesmo, construção do terceiro templo, mas a bíblia fala bem claro que é necessário ter esse terceiro templo em Israel. 

Na história de Israel ouve apenas dois templos conhecidos pela humanidade, o primeiro templo foi o templo de Salomão, que a princípio era para ser construído pelo rei Davi, mas Deus não o permitiu dando essa missão a seu filho Salomão. O primeiro templo foi construído no monte do templo onde é o monte Moriá, na parte velha de Jerusalém atual, teve duração de 390 anos até que vieram os babilônicos com o rei Nabucodonosor e destruiu toda a cidade e o templo, levando ainda cativo os judeus para a Babilônia, inclusive o profeta Daniel no ano de 586 a.C. No fim do cativeiro, Neemias, movido de compaixão pelo estado da cidade de Jerusalém, pediu permissão para o rei Artaxerxes, onde era copeiro do mesmo, para ir a cidade derrubada para reedificar seus muros e seus portões, junto com Esdras e Zorobabel. Porém a reconstrução do templo sob Zorobabel, se deu após ordem do rei Ciro, que ainda ordenara o repatriamento dos judeus cativos a cidade de Israel. A obra teve um tempo de interrupção e voltou para ser finalizada no reinado do rei Dario onde permaneceu por 585 anos. Este templo não era tão virtuoso como o primeiro templo de Salomão, era mais simples e acanhado. 

No século I, Herodes o Grande numa forma de conseguir o favor e agrado dos Judeus, ordena uma remodelação do templo. Herodes aumenta os átrios do templo e embeleza-os. Esse segundo templo também foi destruído no ano 70 d.C. O próprio Senhor disse aos discípulos no sermão da montanha quando mostravam o templo para Jesus, que não sobraria pedra sobre pedra que não fosse derribada. E nesse ano 70 houve uma grande invasão romana contra a revolta dos judeus aos romanos e o comandante Tito destruiu o templo por completo e deixou a cidade em ruínas. No tempo da crucificação de Jesus, quando Pilatos dizia o que fazer com Jesus ao povo, todos clamavam: Crucifica-o, crucifica-o. Nisso Pilatos disse lavo minhas mãos de sangue inocente e os sacerdotes e o povo diziam, que caia sobre nós o seu sangue e sobre nossos filhos e a partir dali Israel passou a ser amaldiçoada, teve sua cidade destruída no ano 70, mais de 1,2 milhões de Judeus morreram e o que sobrou foi espalhado pelo mundo.

Israel passou mais de 1800 anos dispersos pela terra, sem bandeira, sem nação, sem território, unido apenas pela língua, nenhuma nação na história sobreviveu a isso como Israel, isso foi um milagre de Deus e em 1948, cumprindo a profecias Israel volta a ser uma nação para cumprimento dos derradeiros da Palavra de Deus. Profeta Amós nos traz uma das profecias. (Amos 9.13-14) - E trarei do cativeiro meu povo Israel, e eles reedificarão as cidades assoladas, e nelas habitarão, e plantarão vinhas, e beberão o seu vinho, e farão pomares, e lhes comerão o fruto.  E plantá-los-ei na sua terra, e não serão mais arrancados da sua terra que lhes dei, diz o Senhor teu Deus. Profeta Ezequiel também profetiza sobre a repatriação dos Judeus como nação, com bandeira, com seu próprio território. (Ez 37.21-22) - Dize-lhes pois: Assim diz o Senhor Deus: Eis que eu tomarei os filhos de Israel dentre os gentios, para onde eles foram, e os congregarei de todas as partes, e os levarei à sua terra. E deles farei uma nação na terra, nos montes de Israel, e um rei será rei de todos eles, e nunca mais serão duas nações; nunca mais para o futuro se dividirão em dois reinos. 

Israel era um povo disperso por toda a terra, por mais de 1800 anos, como poderia algo natural repatriar uma nação toda como eles? Como poderia voltar a existir novamente a nação de Israel em seu próprio lugar e na sua própria terra se não fosse o poder de Deus? (Is 66. 7-8) Antes que estivesse de parto, deu à luz; antes que lhe viessem as dores, deu à luz um menino. Quem jamais ouviu tal coisa? Quem viu coisas semelhantes? Poder-se-ia fazer nascer uma terra num só dia? Nasceria uma nação de uma só vez? Mas Sião esteve de parto e já deu à luz seus filhos. Cumprindo todas essas coisas necessita que seja cumprindo a construção o terceiro e último templo de Deus na terra para seu governo milenial sobre essa mesma terra. Zacarias profetiza esse templo (Zc 1.16) Portanto, assim diz o Senhor: Voltei-me para Jerusalém com misericórdia; nela será edificada a minha casa, diz o Senhor dos Exércitos, e o cordel será estendido sobre Jerusalém: (Zc 6.12) E fala-lhe, dizendo: Assim diz o Senhor dos Exércitos: Eis aqui o homem cujo nome é renovo; ele brotará do seu lugar, e edificará o templo do Senhor. Ele mesmo edificará o templo do Senhor, e ele levará a glória; assentar-se-á no seu trono e dominará, e será sacerdote no seu trono, e conselho de paz haverá entre ambos os ofícios. Aprendemos aqui sobre os dois primeiros templos, sobre a volta dos Judeus a sua terra e as profecias sobre reino de Cristo e a construção do último e eterno templo na terra. Acompanhe no próximo texto a segunda parte sobre a construção do terceiro templo.

quinta-feira, 17 de março de 2016

SATANÁS, ELE É SEU ACUSADOR

Muitos dos seres mortais dessa terra não sabem verdadeiramente quem é seu inimigo número um. Saiba você que todos os dias, todas as horas e em todos os momentos tem O acusador trabalhando arduamente para destruir sua vida espiritual e sem escrúpulo algum o faz, seu nome? SATANÁS. O diabo faz um jogo devastador contra todo crente, que em nada nos surpreende, e pior que tudo, ele faz esse jogo tanto na esfera da terra como na do céu, pois constantemente está diante de Deus acusando os homens de seus pecados, ao mesmo tempo em que vem ao nosso encontro com sua sutil sagacidade acusar Deus diante de nós também e por incrível que pareça, acusa o próprio Deus para Deus. Eu como crente passo por essas adversidades todos os dias, não me é estranho vir pensamentos de acusação, fruto de minha mente, porém seta do maligno, dardos inflamados, dizendo-me que sou um fracassado, que não posso me achar um cristão pelo modo que vivo minha vida, que não há perspectiva para mim ou mostrando que Deus não é suficiente para mim, que Deus não me ama, que os ímpios tudo podem e eu tudo padeço, que eles tem e eu não tenho, e como pode ser uma coisa dessas sendo eu filho de Deus? Essa é a armadilha que grande parte dos homens caem. 

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

SALMOS 73

Caros irmãos, não fiqueis surpreendidos de como o mundo vai de mal a pior, aliás, perfeitamente bíblico que o mundo de afunde da devassidão para que se cumpra as escrituras, Cristo venha arrebatar sua igreja e instituir seu Reino nessa terra. Porém muitos se entristecem quando ao redor desse mundo tão maligno, violento, consumista e avarento, passamos por tribulações, perseguições, injustiças e olhamos para nosso vizinho totalmente ímpio e vemos sua vida prosperar e no sossego aparente. Quem de nós não passa ou passou por isso. Quem já não questionou a Deus sua fidelidade, seu cuidado? Pois bem, usaremos a vida de um homem chamado Asafe e falaremos do seu Salmo 73.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

DONS ESPIRITUAIS PARA O CRENTE

Podemos ficar sobremodo surpreendidos como Deus trabalha na vida espiritual de seu povo. Nós somos chamados e escolhidos a dedo desde antes da fundação do mundo para trabalhar na obra redentora de Cristo Jesus e nesse trabalho que nos foi confiado, temos também algo importantíssimo para nos ajudar que se chama Dons Espirituais. Todo trabalhador em suas funções tem suas ferramentas de trabalho e no trabalho da obra de Deus não é diferente, Deus tem nos dado suas ferramentas para tornar nosso serviço mais poderoso e com autoridade. Paulo lista em Romanos 12.4-11 uma lista de Dons espirituais dada a qualquer crente que esteja disposto a querer trabalhar na obra, honrar a Deus com seu tempo, sua oração, sua santificação e disposição para lutar pelo evangelho de Cristo. – “Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo; E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo; E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos; Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil. Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas. Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.

domingo, 8 de novembro de 2015

A DESTRUIÇÃO DO PECADO.

Houve um começo na história humana que Deus nos criou para sermos suas primícias, para sermos seus filhos amados, seus adoradores, puro e irrepreensível, porém algo chamado pecado fez separação entre Deus e o homem. O profeta Isaias em um de seus textos mostrou o quando o homem é incapaz de agradar a Deus, podendo se dizer que todo homem é um paralítico espiritual aguardando o braço salvador do Senhor. Is 59.16 –E vendo que ninguém havia, maravilhou-se de que não houvesse um intercessor; por isso o seu próprio braço lhe trouxe a salvação, e a sua própria justiça o susteve. O homem vive na depravação total desde que nasce e é incapaz de agradar a Deus. Sl 51.5 – “Eis que em iniquidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe. Quando Adão cedeu a tentação do diabo desrespeitando deliberadamente as ordens do Senhor não imaginava o tamanho da destruição e nas consequências para a terra e a humanidade que isso traria. Por causa do pecado de Adão a terra foi amaldiçoada, os frutos da terra e não mais o homem pode ter a íntima comunhão com Deus. A morte e a destruição passaram a ser dominantes do globo terrestre. Ef 2.1-3 “E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados, Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência; Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

O PODER DA ORAÇÃO

Existe um Deus nos céus que nos ouve? Concerteza sim, não apenas um Deus, mas um Pai. Muitos passarão um momento na vida em que terão seus corações estremecidos, duvidarão por causa das circunstâncias da vida, terão tão grandes conflitos que seus olhos não enxergarão esperança, mas te digo uma coisa, existe uma luz poderosa que pode mudar sua vida e existe uma ferramenta infalível no reino de Deus que se chama oração. Quem nunca fez petições aos homens e até obteve sucesso? Incomparável é quando se trata de Deus. Nós negligenciamos a eficácia da oração, abandonamos ela, nem sequer em muitos momentos damos importância e se esquecemos que a oração é a sua intimidade com o Senhor. 

sábado, 30 de agosto de 2014

Republicação - VENCENDO AS TENTAÇÕES

Cuidado vocês que acham que podem vencer as tentações enfrentando-as, lamento dizer mais vão perder, não queira enfrentar ela, lembra do que foi dito, não confundam fugir das tentações e fugir do Diabo. Devemos em todos os momentos nos apartar das tentações, se ela vier por um lado, vá para o outro, se vir por frente, vá para trás, não de brecha: “Não deis lugar ao Diabo” (Ef 4.27), meus irmãos, tomem como exemplo todos os grandes reis da terra ungidos de Deus, homens poderosos e cheios do Espírito Santo, veja o exemplo de Davi, em vez de ocuparsua mente com seus afazeres, ficou ocioso, Satanás jogou a isca e ele quis enfrentar a tentação em seu castelo quando viu Betseba nua pela janela, em vez de repreender aquilo, ousou em continuar olhando até que a lascívia tomasse seu coração, ele dormiu com aquela mulher, teve um filho, e ainda cometeu outro pecado, matou o marido dela, veja como Satanás é astuto, por isso meus irmão, não tentem enfrentar a tentação, porque vão cair, não existe super crente, poderoso, cheio do Espírito Santo, se brincar querendo alimentar a tentação vai cair. Lembre-se de outro personagem da bíblia, o homem maischeio do Espírito Santo em toda a bíblia, SANSÂO, foi brincar e também se estrepou todo, vigie e ore, fujam e não enfrentem ela, vocês serão vencedores. 

domingo, 10 de agosto de 2014

APENAS UM RECADO A TODOS



Jesus está voltando!

(1Ts 5.23) - E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
_______________________________________________________________________
(Ap 22.11) - Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda.

Esteja preparado, porque Jesus está as portas, pronto para voltar


segunda-feira, 4 de agosto de 2014

A INSPIRAÇÃO DA FÉ DE DANIEL PARA NÓS

Tenho certeza que muitos cristãos comuns como nós, passaram, passam e passarão situações como o texto de Daniel que discorrerei aqui nesse blog. Pessoas que são feitas a imagem e semelhança de Deus e que por isso se tornam um alvo de Satanás, são lançadas na cova, nos vales, nos perigos e desafetos da sociedade. Essas são eu e você, sim nós mesmos, pessoas tão comuns que muitas vezes achamos que somos tão diferentes dos grandes heróis da bíblia, mas como filhos de Deus seremos tão perseguidos e afligidos como eles e assim mesmo ensinou o mestre Jesus: (Jo 16:33) Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”. 

Jesus ensinou aqui que a maior prova de confiança era a fé nele mesmo, a fé que nos livraria das mãos dos adversários e opositores e assim mesmo aqueles que confiam no Senhor, renovam suas forças e são livres das garras do mal. Daniel será nosso exemplo de fé, confiança, santidade, perseverança e lealdade a Deus. Daniel nos tempos do rei Nabucodonossor foi levando cativo para a babilônia, se destacou dos demais servos do rei, foi achado excelente, puro, sábio e com o Espírito do Deus vivo. Fo elevando na corte do rei, teve grandes conquistas, domínio sobre o povo e as coisas do rei. Daniel era um homem de Deus. No texto de Daniel 6: Dario o rei dos medos / persas quis constituir sobre a nação cento e vinte príncipes e três presidentes, dos quais Daniel era um e sua excelência se destacava sobre os demais príncipes e presidentes e disso nasceu nos demais a inveja e por isso intentavam achar ocasião contra Daniel, mas não podiam por que ele era irrepreensível. Todo servo de Deus que se destaca, tanto em sua vida pessoal, familiar ou no trabalho está fadado a ser perseguido, injuriado, pois o espírito do mundo não pode suportar a luz dos servos de Cristo, a luz incomoda onde há trevas e assim como foi no caso de Daniel, quando sua luz passa a brilhar muito isso gera a inveja das pessoas, as trevas tentam ofuscar sua luz, porém inútil é para aqueles que estão em Cristo Jesus, se sua base está firmado na rocha, ventos e mares se levantarão e não subsistirão sobre tí.

A inveja sobre Daniel era tanta que os demais se reuniram e entraram na presença do rei para intentar algo que pudesse pegar Daniel, sugeriram que durante espaço de trinta dias não se pudesse fazer petição a qualquer deus a não ser para o rei Dario e quem desobedecesse deveria ser lançado na cova dos leões e o rei movido do orgulho de se tornar um deus por instantes, firmou esse concerto e selou a lei por trinta dias. Satanás moveu-se no coração do rei Dario a fim de que confirmasse isso. Hoje meus irmãos, os servos de Deus sofrem as mesmas perseguições, não se enganem, todos os dias são criadas leis no Brasil e no mundo para oprimir aqueles que servem a Jesus, leis que ferem os mandamentos de Deus, que tentam ofuscar e inibir as santas palavras do Senhor. Cada dia as mentes inspiradas por satanás induzem os homens maus a fazerem como o rei Dario. Mas acima de todas essas coisas, temos que tirar como principal lição o que fez Daniel diante de tamanha adversidade. (Dn 6.10) “Daniel, pois, quando soube que o edito estava assinado, entrou em sua casa (ora havia no seu quarto janelas abertas do lado de Jerusalém), e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer”. Daniel ficou sabendo do edito do rei e a primeira coisa que ele fez foi não NEGAR A JESUS, não negou sua fé, seu salvador, mesmo sabendo que isso lhe custaria a vida. Nós passaremos por isso algum dia, onde teremos que escolher entre a morte, ou uma situação de constrangimento, humilhação, decisão negando a Cristo, ou aceitar as consequências humanas e provar a Deus nossa fé não negando o Salvador de nossas vidas. Daniel fez isso, acima de tudo não negou a Deus mesmo sabendo que seria lançado na cova dos leões. Segundo, não deixou de fazer o que sempre fez, ORAR. Três vezes ao dia orava a Deus e nós cristãos muito pouco fazemos isso hoje, dobramos nossos joelhos as vezes e somente lembramos de Deus quando as coisas não vão bem. Disse o autor de Hebreu 4.16“Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno”. 

Chegarmos em todo o tempo a presença de Deus, todos os dias, nos bons tempos ou maus tempos, mas sem sessar, sem vacilar, pois estamos preparando nosso caminho ao Senhor, preparando nossa alma e espírito para o dia da luta, como diz a Palavra, encontrando nós misericórdia, graça e ajuda em tempo oportuno, pois não sabemos o dia da luta. Daniel mostrou outras virtudes diante de Deus no momento do decreto de sua “morte”. Não deixou de orar, se humilhava diante de Deus, pois de joelho se punha para orar. Quando levantava sua voz a Deus não deixava de dar graças a Deus por todas as coisas, não apenas pedia, mas se mostrava agradecido ao Senhor por todas as coisas e jamais deixou de fazer o que lhe era de costume, orar. Mesmo no momento crucial de Daniel, tendo um decreto contra a fé dele, não deixou de fazer o que lhe era de costume. Daniel não negou sua fé diante da adversidade, antes buscou ao Senhor, se humilhou diante de Deus, dava graças mesmo na situação mais difícil dele e isso moveu o coração de Deus, pois Daniel manteve-se leal ao Senhor. Nós fazemos isso quando estamos diante da adversidade? Será que negaríamos a Deus se nossa vida estivesse em jogo? Ora meus irmãos, um dia passaremos pelo dia mal e devemos estar preparados para esse dia, orando a todo tempo para achar escape em tempo oportuno. Muitos se levantarão contra nós, muitos, nossa fé incomoda as trevas. Haverá inveja, maquinações, laços e tropeços contra nós, mas maior é Jesus que pode nos livrar de todas essas coisas, assim como livrou a Daniel na cova dos leões, mandando um anjo fechar a boca deles, mas Daniel teve fé no Senhor, manteve-se leal, nunca deixou de orar, dar graças, não negou sua fé e isso agradou o Senhor e Deus procura homens assim na prova ou na graça. (Hb 11.6) – “Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam”.

domingo, 15 de junho de 2014

O DÍZIMO VALE PARA O NOVO TESTAMENTO?



Há muito tempo tem se criado múltiplos conflitos em relação ao dízimo, perguntando-se se hoje no Novo Testamento ele ainda deve ser cumprido, vou responder essa questão. Eu sempre cri no Dízimo, que deveríamos praticar isso e escrevi isso nesse blog. Bom, defendia essa prática e continuo defendendo, mas sobre outro aspecto. Espero que compreendam, pois sempre em meu coração houve uma ideologia firme sobre o PRINCÍPIO e BEM MAIOR disso e nunca mudará em meu coração. Fui muitissimamente agredido aqui, ofendido e em nenhum momento os tais “Cristãos”, defendendo suas verdades usaram de suaves ou educadas palavras, mesmo sabendo que aqui do outro lado existe um filho de Deus querendo expor com segurança e temor a Palavra de Deus. Lá em Malaquias 3! Deus começa um tratamento com o povo, uma conversa:

terça-feira, 29 de abril de 2014

MENSAGENS ENVIADAS AO BLOG (ATENÇÃO)

Caros irmãos, graça e paz a todos. Tenho recebido diversas perguntas através do e-mail do blog e tenho respondido a todos, infelizmente quase todas as perguntas vem como anônimos ou com endereço de e-mail errado. Tenho respondido a todos que tem e-mail, mas muitos voltam por o e-mail estar errado. Aqueles irmãos que fizeram perguntas, por favor não exitem de fazer novamente, porém tomando o cuidado de informar o e-mail correto ou mesmo informar o e-mail, pois quando vem anônimo não tenho como responder. Obrigado e saibam que todos que possam, são respondidos.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

QUANDO SAÍMOS DEBAIXO DAS ASAS DE DEUS.

Esses dias estava no culto e um evangelista trouxe uma mensagem muito profunda, uma mensagem que trata das promessas de Deus e que muitas das vezes esquecemos, ignoramos ou mesmo desacreditamos quando estamos passando por momentos de muitas lutas. Quem nunca passou por situações de grande preocupação? Ou lutas no trabalho, no lar, na vida espiritual, esteve a ponto de deixar o Senhor, fazendo de sua esperança vã e sem sentido? Eu mesmo algumas vezes me perguntei, por quê, por quê Senhor? Mas no silêncio Deus fala conosco, quando estamos a ponto de entregar tudo, vêm a suave brisa e o Espírito fala conosco, mostrando que há esperança para o perdido, para o desanimado, para o abatido. As lutas fazem que constantemente percamos o foco no Senhor, são tantas as estratégias de Satanás para dos desvirtuar das promessas de Deus, que, se não estivermos em plena sintonia, veremos aquilo que o inimigo quer que enxerguemos.

Toda guerra tem suas frentes de batalha, tem um pelotão de guarda para proteção da tropa, tem um líder que comanda e dá ordens para o ataque e a defesa, porém, na guerra espiritual que travamos todos os dias, existe um Deus que fez os céus e a terra, que é mais do que tudo e todos, tem os oceanos da terra como um pingo d’água na palmas de suas mãos, que usa a terra como descanso para seus pés. Nós estamos na luta sim e na frente vai o todo poderoso, Senhor dos exércitos, no qual claramente diz: AGINDO EU, QUEM IMPEDIRÁ? Temos que ter em mente as promessas que Deus fez para nós, e nada melhor do que citar o Salmos 91, o salmo de guerra, de proteção, de promessas ao povo escolhido. O salmista diz do próprio Senhor que aquele que habita no esconderijo do altíssimo, a sombra do onipotente descansará. Altíssimo, não há outro nome acima do nome de Jesus, não há outro deus que possa com nosso Deus, ele mesmo se declara altíssimo, lugar de sua habitação, onde ninguém pode alcançar.

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

QUANDO VEM A DOR, ANGUSTIA E A DÚVIDA

Muitas pessoas se perguntam o porquê de passarem por tantos sofrimentos na sua vida, tantas desilusões e tristezas, decepções, injustiças, opressões, medo e isso são apenas alguns pequenos pontos das nossas lutas diárias. Todos passam por isso, mas nem todos sabem lidar com essas adversidades, cada pessoa reage de forma diferente a tudo isso e dependerá exclusivamente de onde você coloca sua confiança e sua fé. Sabemos que tudo isso ocorre por que lá no começo, na criação do homem, Deus deu uma ordem a adão, para que não comesse da árvore do conhecimento do bem e do mal em (Gn 2.16, 17), pois no dia em que comesse, certamente morreria. O homem tinha em suas mãos autoridade sobre todas as coisas, Deus lhe deu isso, porém quando pecou, o homem perdeu essa autoridade. 

sábado, 29 de junho de 2013

QUEM HABITARÁ NO SANTO MONTE DO SENHOR

Quem habitará no tabernáculo do Senhor? Quem morará no seu santo monte? Puxa, quem poderá um dia viver no santo monte do Senhor. Deus nosso Pai nos diz que um dia estaremos com ele, ao seu lado, desfrutando das suas bênçãos eternas, comendo da árvore da vida que nos fará eterno. Jesus nos revela que o veremos como Ele e que nos assentaremos com ele no seu trono, que jamais haverá mais lágrimas em nossos olhos, não haverá mais dor, sofrimento, angústia e labor em vão. Que maravilhoso isso não é? Mas Deus nos ensina que temos um longo caminho para percorrer por essa terra e que nossos frutos de justiça, retidão, santidade e amor nos farão estar ao seu lado para sempre. O salmista disse tudo que precisamos fazer para habitar no tabernáculo do Senhor, mas será que nós conseguiremos isso? Ora, não temos o Espírito de Deus em nós, logo temos a capacidade de realizar os mandamentos do Senhor, praticar sua justiça e amor sobre todas as coisas.

sábado, 13 de abril de 2013

À APOSTASIA DA IGREJA MODERNA

Tenho um livro que considero uma raridade. Tão difícil de de achar e neste livro tem uma abordagem magnifica e sensata do apocalipse. Um livro que realmente fazem leigos e estudiosos conhecerem com mais propriedade as profecias. Mas em tudo isso quis retirar desse livro com o devido crédito a autoria um trecho para compartilhar com os irmãos, um trecho que é tão real e tão comum na igreja atual, algo que todos deveriam saber, ler, aplicar e lutar na sua caminhada cristã por essa terra. Foi retirado do livro (O furuto glorioso do planeta terra - pag 57,58 do autor Arthur E. Bloomfield, Ed Betânia).

“Por que ocasião de começar o juízo pela casa de Deus é chegada” (IPe 4.17). As igrejas não se purificam a sí mesmas. No entanto deveriam fazê-lo, portanto os meios para isso estão a disposição. O Senhor nunca rogou a um povo como roga as igrejas a que deem ouvidos a essas palavras. Nenhum mandamento das Escrituras é repetido mais vezes do que ”Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz as igrejas” Pela atitude das igrejas, pensaríamos que Jesus teria dito: “Bem aventurado aqueles que não leem e aqueles que não ouvem as palavras desta profecia.” Essas cartas são como lunetas, mas nenhuma igreja quer olhar para si mesma. Os governos que conseguem perdurar longo tempo sem usar do expediente da força, somente o conseguem por que contam com processos automáticos de purificação. Quando as coisas ficam muito más, o povo vai às urnas e “bota fora os corruptos”. Nenhum oficial do governo está acima das críticas justas.  O próprio governo pode ser criticado. Os males administrativos podem ser desmascarados e corrigidos. Não fora isso, qualquer governo em pouco tempo se tornaria tirânico. A maior de todas as fraquezas de todas as igrejas cristãs é que se recusam a permitir qualquer maquinaria de autopurificação. A doutrina da lealdade á denominação parece ser: Ser leal aos líderes de sua denominação ou igreja, quer estejam erradas, quer esteja certos. Criticar qualquer mau que exista numa congregação ou denominação parece ser equivalente a criticar a própria igreja. Se a igreja local incluir em seu curso de estudos, ou em sua literatura de escola dominical, algum ensino falso, ninguém aceita que isso seja desmascarado. Nenhum protesto deve ser levantado sobre a desculpa de que “é preciso ser leal á igreja”.

domingo, 31 de março de 2013

O PECADO

Desde o princípio da criação do homem, Deus nos formou para que fossemos seus adoradores, tivéssemos o devido louvor e compromisso que passa por um amor de Pai e filho. Deus exige do homem o mais alto grau de compromisso e fidelidade e o grande mal que destruiu a comunhão no princípio foi algo chamado PECADO. Tão terrível e tão destrutivo para o homem que o afasta da maravilhosa graça de Deus. O Senhor é santo e deseja que seus filhos sejam santos, alias, sem a santidade ninguém poderá vê-lo. Pecado é a mudança de atitude e objetivo para qual o homem foi criado, é transgredir as leis para qual foi feita para o homem ter vida. E nesse mundo de pecado, o mais devastador é o pecado de não aceitar á Jesus como único e suficiente Salvador, se não o reconhecermos, já estamos condenados. Jo 3.18 - “Quem crê em Jesus não é condenado, mas quem não crê já está condenado”. Não seremos, mas já estamos, pois foi grande o sacrifício que Deus fez por nós enviando Jesus para morrer por nossos pecados. Deus por sua grande santidade estabeleceu princípios para sua criação, desde a própria natureza, céus e o homem. Somos imagem e semelhança de Deus e outro grande pecado que dia a dia destrói o homem é o pecado contra o corpo - 1C0 3.16,17 - "Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo”. Satanás é conhecedor de todas as coisas, sabe das fraquezas dos homens, sabe de suas limitações e mais do que isso sabe profundamente a Palavra de Deus. Diante disso os homens são devastados por meios das drogas, álcool, prostituição, imoralidade sexual e homossexualismo. 

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

ATENÇÃO LEITORES DO BLOG

Caros leitores do blog Vivendo pela Palavra de Deus que se cadastraram na página inicial para receberem as novas postagens diretamente no e-mail... verificamos que mais de 200 pessoas não concluíram seu cadastro. Quando colocado o e-mail para cadastro, você recebe um e-mail: É necessário que ao receber esse e-mail, click no link para finalizar. Solicito por gentileza, para receberem nossas postagens por e-mail que finalizem o cadastro ou façam novamente e ao receberem um e-mail de confirmação, finalizem o cadastro... verifiquem se não está na pasta da lixeira.




segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

POR QUE SE DECEPCIONAMOS COM DEUS


Deus quando criou o homem, o fez assim no intuito de ter grande comunhão com sua criação, pois não foi qualquer coisa que foi criada, foi o homem a sua imagem e semelhança. Apesar da desobediência de Adão ao Senhor no jardim do Éden, jamais o Senhor deixou de buscar a comunhão com o homem e desde sempre buscou ter benevolência e amor para com o homem, sendo misericordioso e longânimo. E o homem, tem buscado estar mais perto de Deus? Tem buscado conhecê-lo? Estar na sua presença? Oséias quando profetizava para Israel nos tempos do rei Jeroboão II, buscava exortar ao povo rebelde a se arrepender dos maus caminhos que estavam e fazer com que conhecessem a Deus com profundidade, a fim de que fizessem a Sua vontade. Diz em Os 6.3 – “Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra”. O Senhor nos diz que se prosseguirmos conhecê-lo ele então viria a nós como a chuva serôdia, que era uma chuva que se derramava no período da colheita, simbolizando o derramamento do Espírito sobre nós. Deus quer ter comunhão conosco e muito, deseja ardentemente isso de nós e para que saibamos sobre nosso Pai celestial temos que conhecer sua vontade e temos alguns caminhos para isso. Primeiramente gostaria de dizer que em nossa caminha pelo evangelho de Cristo, precisamos conhecer algumas coisas sobre a fé, pois muitas pessoas já se decepcionaram com Deus por não conhecê-lo e muito menos discernir sobre seus caminhos e vontades. 

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

A VIDA REAL É MUITO REAL, MAS JESUS ENSINA, ELE NOS PREENCHE!

Quero começar essa mensagem fazendo uma pergunta! Até que ponto Jesus é importante em nossa vida? Pois bem, assim podemos começar. Vou contar uma história real, a minha história e tenho plena certeza que a mensagem da minha vida vai mexer com muitos, pois assim como eu, existem vários outros cristãos que se identificarão. Lembro que minha história não é de alguém desviado, nem de uma pessoa do mundo ou que abandonou Deus, mas uma história de luta contra as potestades do mal, contra os laços do inimigo, contra as forças desse mundo maligno e tudo que nele há e nos é oferecido. Não sou pastor, nem presbítero, não sou obreiro, mas sou um servo dedicado ao evangelho, alguém que ama a Palavra de Deus, e principalmente, que recebeu de Deus o dom de escrever e defender o evangelho de Cristo.  No evangelho de Lucas 12.31 diz: “Buscai antes o reino de Deus, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Muitas das vezes olho para minha vida e começo a meditar, será que somos adoradores de Deus de verdade ou muitas das vezes usamos Deus como se ele fosse apenas um resoluto de nossos problemas? Tenho colocado Deus nas minhas causas, assim como todos os cristãos devem fazer, sempre lembrando que devemos buscar as coisas do alto e não as da terra “Cl 3.2-3 - Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus”. 

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

DOIS CAMINHOS E UMA ESCOLHA

Diante de tantas escolhas que o mundo tem nos oferecido hoje, caminhos maus e tortuosos, quero expor nesse estudo algo muito importante para o cristão, a escolha certa que nós devemos fazer em nossas vidas. É muito fácil diante de tantas facilidades obscuras de hoje nos afastarem de Deus e nosso Senhor Jesus Cristo jamais se agradará de escolhas que possam nos levar a afastar-se dele, principalmente quando está em jogo nossa salvação. Quero fazer a introdução num texto muito conhecido e claro da bíblia (Mt 7.14-14) - Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem. Podemos nos auto avaliar sobre as escolhas que fazemos e Paulo faz ensinamento disso, examinando o homem a si mesmo. O texto áureo para toda a nossa vida está em Gálatas (Gl 6.7) - Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Temos dois caminhos e uma escolha a fazer dentro da proposta de salvação de Deus. O que semeamos podemos escolher, mas a colheita é obrigatória. No livro de Mateus Jesus explanou como é a entrada do reino de Deus. Uma porta estreita com um caminho apertado. Qual sua escolha? Podemos fazer uma auto avaliação de nossa vida, a saber, por qual caminho estamos indo. 

quinta-feira, 26 de julho de 2012

O PREÇO DE DESPREZAR A DEUS

Quando Deus criou o homem a sua imagem e semelhança, aspirou uma comunhão contínua e eterna com ele. Adão e Eva viam á Deus como Ele é, face a face. Toda manhã o Senhor passeava no jardim do Éden e conversava com eles, mas o homem em muito pouco tempo jogou fora toda essa comunhão que podiam ter. Muito aconteceu a partir daí, ouve a separação espiritual do homem que conhecia a glória de Deus e antes a comunhão direta que existia, se foi e o Espírito Santo passou a ser o mediador para o homem poder ter comunhão com o Senhor. O que proporciona o homem em conhecer agora á Deus são as revelações do Espírito Santo através da Palavra Escrita, a Palavra de Deus. É importantíssimo que estudemos continuamente as escritas, pois é através dela que podemos conhecer a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Porém para aqueles que rejeitam esse conhecimento, desprezam o conhecer a Deus pagam um preço por essa desobediência. É claro que o Senhor não é injusto para com o homem. Todos nós temos o livre arbítrio e podemos escolher qual caminho seguir. Mas seria uma tolice escolher o caminho que não seja de Deus. Não por que Ele possa ser vingador, ao contrário, por tamanha misericórdia, longanimidade e amor que tem por nós. E esse amor eterno por nós faz com que Deus tenha um desejo enorme de reaver a comunhão com os homens. Ao longo dos séculos os profetas, os apóstolos e escritores inspirados pelo Espírito declararam em palavras a vontade do Senhor para todos os homens que conhecemos como Bíblia, um compilado de livros que unidos o conhecemos hoje. Mas como disse, por causa desse tamanho amor de Deus por nós, a ponto de Jesus ter vindo como homem e morrido no calvário pelo pecado da humanidade, Deus não poderia apenas ignorar o homem que o ignora, mas em Sua grande Justiça, Ele faz justiça, pois não foi um sacrifício barato que Jesus fez por nós. 

sexta-feira, 29 de junho de 2012

A IMPORTÂNCIA DE CONHECER A DEUS


Alguém já se perguntou sobre a importância de conhecer a Deus? Achamos tão importante conhecer outras coisas que nos esquecemos do principal. Aquele que fez os céus e a terra, aquele que nos redimiu dos nossos pecados com seu sangue precioso. E mudamos a ordem das coisas que é buscar primeiro o Reino de Deus e Sua Justiça. Meus queridos, sempre quando ministro a palavra de Deus falo da importância de buscar a Deus, saber quem é Deus, qual Sua vontade sobre nossas vidas e seu maravilhoso plano de salvação. As coisas seculares tomam muito espaço em nossas vidas e nos afastam de Deus. Só saberemos a vontade de nosso Senhor se o conhecermos e muito bem e esse é o desejo de Deus “Os 6.3 - Então conheçamos, e prossigamos em conhecer ao Senhor; a sua saída, como a alva, é certa; e ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra”. Para que algumas pessoas que iniciam sua caminha com Jesus e para aqueles que não compreenderam o tamanho do poder de Deus, quero expor algumas coisas para que ninguém venha a se decepcionar com Deus. 

(1) - O que conhecemos de Deus é de forma parcial, não nos é revelado tudo, pois ainda somos carne e Deus é Espírito, mas um dia teremos a plenitude do conhecimento de Deus ao nosso alcance (1Co 13.9,10) Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado. (2) - Só podemos conhecer o que Deus quiser nos revelar, aliás, apenas aquilo que em nossa limitação humana podemos compreender (Rm 1.19) - Porquanto o que de Deus se pode conhecer neles se manifesta, porque Deus lho manifestou. 

quarta-feira, 23 de maio de 2012

MULHERES PODEM PASTOREAR E PREGAR PUBLICAMENTE - segundo a palavra de Deus??


Paulo, apóstolo de Cristo, expressou a Timóteo algo que a princípio parece ser um ato do mais alto preconceito e machismo. Porém, quando analisamos com toda a serenidade e colocando as palavras em seu devido contexto, sabemos que é apenas Deus fazendo discernimento de tarefas no seu Reino, pois como diz a palavra de Deus: Rm 2.11 - “Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas”. Estamos falando sobre a mulher ser pastora ordenada de uma igreja. Meus queridos e queridas irmãs, a princípio parece dura a exortação de Paulo, mas Deus tem um papel específico para o homem e a mulher dentro da igreja. Deus ama igualmente o homem, como a mulher e tem um plano e um papel para cada um. Todos somos membros de um corpo e de igual forma, temos nossa importância para realização dos planos de Deus. A Palavra de Deus tem certas restrições, ou melhor, Ela direciona qual função do homem e da mulher. No AT existiram mulheres do mais alto valor e padrão. Débora foi um grande exemplo disso, mulher séria, usada por Deus que além de juíza, Jz 4.5 - E Débora, mulher profetisa, mulher de Lapidote, julgava a Israel naquele tempo”, alias, única mulher que conseguiu isso, era profetiza ainda, Jz 4.6 – E mandou chamar a Baraque, filho de Abinoão de Quedes de Naftali, e disse-lhe: Porventura o Senhor Deus de Israel não deu ordem, dizendo: Vai, e atrai gente ao monte Tabor, e toma contigo dez mil homens dos filhos de Naftali e dos filhos de Zebulom”. Outro grande exemplo de mulher foi também Ester, a qual nas mãos de Deus possibilitou o livramento do povo hebraico de ser aniquilado depois do cativeiro babilônico, foi importantíssima na reconstrução dos muros de Jerusalém, tão notáveis foram as obras das mulheres, como suas ocupações no AT. Já no NT, percebemos também o mesmo valor delas, se não maior ainda. Jesus dava atenção especial a elas e notamos isso na forma que as mulheres serviam a Jesus. O Senhor as tratava com horna e carinho. Jesus falou com uma mulher samaritana, algo inconcebível pelos judeus da época, se não dirigiam a palavra aos homens samaritanos, imaginem com as mulheres? Deixou que uma mulher prostituta lavasse seus pés. Seis das sete vezes em que Priscila e Áqüila são mencionados no Novo Testamento, o nome de Priscila aparece antes do de Áqüila, e por esse motivo chegou-se à conclusão que Priscila foi excepcional de alguma forma.

sábado, 14 de abril de 2012

SAIBA QUEM É SATANÁS...

A Paz do Senhor á todos. Quero trazer uma mensagem que vai ter ajudar a conhecer seu adversário, aquele que tenta de contínuo contra a vida do homem e tudo que se chama por Deus. Primeiro de tudo quem é nosso real inimigo? Satanás ? Correto! A bíblia do princípio ao fim mostra essa batalha contra o homem. Vamos ler Ez. 28.12-14 Filho do homem, levanta uma lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Assim diz o Senhor Deus: Tu eras o selo da medida, cheio de sabedoria e perfeito em formosura. Estiveste no Éden, jardim de Deus; de toda a pedra preciosa era a tua cobertura: sardônica, topázio, diamante, turquesa, ônix, jaspe, safira, carbúnculo, esmeralda e ouro; em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados. Tu eras o querubim, ungido para cobrir, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras afogueadas andavas”. Sabemos quem é Satanás agora. Apesar de nosso adversário não mais ter formosura e glória, Deus não o destituiu de seu grande poder, astucia e sagacidade. O grande triunfo de satanás é fazer com que as pessoas acreditem que ele é apenas uma lenda, um mero personagem que não pode fazer mal algum. Outro grande erro causado pelo homem é subestimar o grande poder do inimigo. Muitos crentes cheios do Espírito, teimam em brincar com o inimigo, incitá-lo, desafiá-lo, sendo que a Palavra nos ensina totalmente ao contrário. Em Tg 4.7 diz: “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós”. Esse é o que a bíblia ensina para todo o crente, ser submisso a Deus e deixar que Seu poder e grande glória de o pago ao diabo, da mesma maneira que fez o Arcanjo Miguel em Jd 6 “Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda. Nosso compromisso na batalha diária não é desafiar a satanás e sim se sujeitar ao poder de Deus. 

sábado, 26 de novembro de 2011

FALAR EM LÍNGUAS (MANIFESTAÇÕES ESTRANHAS)

A Paz do Senhor meus irmãos, bom quero usar esse pequeno espaço para mais um esclarecimento sobre um assunto mais que importante para edificação da igreja, O FALAR EM LÍNGUAS. Vou ser sucinto ao assunto, pois já postei aqui um estudo esclarecido sobre esse assunto (veja aqui). Existe o dom e o que se fala em línguas, coisas diferentes. Sobre o comportamento de falar em línguas, em 1Co 14 está descrito o que Deus espera do homem no uso desse dom. Outra coisa importante é que ninguém fica em transi, fora de si quando fala em línguas, quem tem o dom, fala inspirado pelo Espírito Santo, não fala por si, fala conforme o Espírito concede (At 2.4) Logo, todos tem domínio do corpo e do dom para fazê-lo de forma racional (com entendimento).  Quem fica em transi e fora de si são pessoas possuídas por espíritos de demônios, leia mais a bíblia que verá que isso é a verdade. Entretanto na minha própria igreja vejo manifestações não pouco estranhas, que condeno, pois a bíblia é clara, e fico também me perguntando qual o sentido de tais motivações, será apenas uma manifestação carnal, sem entendimento, impulso emocional ou será que as pessoas acreditam mesmo que isso seja uma manifestação do Espírito Santo? Pois bem o que vejo é pessoas simplesmente levantando as mãos e balançando como se fosse um chocalho e expressando lá, lá, lá, lá, lá, lá, lá, lá, lá indeterminadamente, o que é isso? Que manifestação é essa? Se (lá) for uma sílaba, frase divina, esta pessoa não tem comunicação alguma com Deus, pois Deus não compartilha disso Mt 6.7  “E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos.Falar em línguas tem uma comunicação específica, na forma lingüística. Vejamos o que diz o mais famoso dicionário brasileiro: (línguas: s.f. Conjunto dos elementos que constituem a linguagem falada ou escrita peculiar a uma coletividade). Falar em línguas sem dúvida deve manifestar comunicação para com Deus, tanto para a edificação da igreja como a nossa (1Co 14.3,13,14). Então, não posso acreditar que tais manifestações como lá, lá, lá, lá, lá... ou essas gritarias descabidas e irracionais possam ser se não manifestações que não provem de Deus, carnalidade, ignorância bíblica ou mesmo manifestações racionais para confusão na casa de Deus para que não seja manifesta a verdadeira função do falar em línguas. Veja como a bíblia define falar em línguas, se são manifestações como estas ou são racionais na forma de entendimento, com uma real comunicação. Leiamos alguns trechos da bíblia:

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

MACUMBA EVANGÉLICA

Irmãos em Cristo, a Paz do Senhor a todos. Muito tempo tenho estudado, pesquisado e meditado em cima desse assunto que parece ser o mais comum no meio evangêlico agora, que vem ferozmente competindo com outras práticas antibíblicas como a falar em línguas totalmente desconexo com a bíblia, com as manifestações carnais, com as unções de outro mundo que aparecem por aí. A grande verdade é que a igreja da dispensação da graça está envolta num mar de lama, baseado na carnalidade, ritualismo, heresias e infantilidade. Os negócios superaram o evangelho. Onde está a verdadeira palavra de Deus em nossos dias. Claro, estão pregando o evangelho, mas qual é esse evangelho irmãos que estão empurrando para vocês? O evangelho dos hipócritas, as heresias de satanás que levará sua alma a perdição? Ha irmãos, como seria bom se cada um tivesse o discernimento de meditar mais na palavra, estudá-lá, ou quem poderia livrar-te dos laços se não o conhecimento da palavra? Lembra-te no que diz o salmista em Sl 119.97 "Oh! quanto amo a tua lei! É a minha meditação em todo o dia" ou em outro versículo de salmos. Sl 119.103-105 "Oh! quão doces são as tuas palavras ao meu paladar, mais doces do que o mel à minha boca. Pelos teus mandamentos alcancei entendimento; por isso odeio todo falso caminho. Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho. Irmãos existe uma realidade satânica na igreja hoje que ninguém quer ver ou fingem não ver. Seria imatudo e irresponsável por parte de um servo de Deus verdadeiro compartilhar dessas coisas tendo conhecimento da verdade. Abaixo mostrarei um estudo feito pelo Pastor Wagner Antonio de Araújo em 2008, no culto intersemanal da Igreja Batista Boas Novas de Osasco SP. A ele são todos os créditos da mensagem a seguir. Tomei apenas a liberdade de inserir os links com vídeos corroborando com os tópicos das mensagem. Que todos sejam edificados.

domingo, 30 de outubro de 2011

AOS IRMÃOS QUE COMENTAM NO BLOG

Irmãos, quero agradecer a todos que postam seus comentários em nosso blog. É importante para nós a participação dos irmãos em nosso espaço. Recebemos muitos comentários, pessoas agradecidas e edificadas pelas mensagens, outras descrentes e mesmo aos que nos criticam. Acolhemos todas as mensagens de coração, tentamos responder a todos os irmãos que postam aqui, porém infelizmente, alguns comentários vem como anônimo e isso nos impedem de responder quando estão nos perguntando algo ou pedindo um acolhimento espiritual. Alguns e-mail que respondemos voltam como inexistente ou como spam. Mas respondemos todos. Agradecemos aos comentários, lutamos aqui pela defesa do evangelho, trazendo alimento de qualidade e responsabilidade com a Palavra de Deus. Mais um vez muito obrigado pela participação dos irmãos e visitem também WWW.PARACRISTO.COM.BR. Que Jesus abençoe a todos.

NOVO NASCIMENTO E O CRESCIMENTO ESPIRITUAL


Existe um momento da vida do homem e que ele precisa olhar para frente e refletir, será que tenho crescido e evoluído? Se em nossa vida profissional estamos em constante mudança e aperfeiçoamento para estarmos bem preparado para o mercado de trabalho, não deveríamos assim também estar no reino de Deus? Nos infelizmente muitas das vezes ou a maioria delas invertemos a vontade de Deus que diz: “buscai primeiro o reino de Deus e sua justiça e as demais coisas vos serão acrescentadas”. Acabamos buscando as demais coisas e esquecendo o reino de Deus. No processo da vida, não imaginamos o quão importante é aprender de Deus, crescer em seu conhecimento, se é importante para nossa vida pessoal, quanto mais na vida espiritual? Deve haver essa mudança em nosso interior se quisermos desfrutar das bênçãos que Deus tem para nós, inclusive estarmos prontos e preparados para as batalhas espirituais contra satanás. Se quisermos crescer, devemos buscar isso e desejar do fundo do coração esse crescimento e mudança  em nós, vejamos:  “1 E HAVIA entre os fariseus um homem, chamado Nicodemos, príncipe dos judeus. 2 Este foi ter de noite com Jesus, e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és Mestre, vindo de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não for com ele. 3 Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. 6 O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito”( Jo 3.1-3, 6). Crescimento espiritual é o processo pelo qual o homem pecador se converte a Deus, através da fé em Jesus, enveredado pelos caminhos da santificação, conforme Pedro diz: Crescei na graça e conhecimento do Senhor Jesus” A conversão é imprescindível, pois Deus não reforma coisas velhas, mas cria novas as coisas, transformando o coração das pessoas assim como está em Ap. 21.5 “Eis que faço nova todas as coisas”. 

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

A HISTÓRIA DO PATO

Havia um pequeno menino que visita seus avós em sua fazenda. Foi lhe dado um estilingue para brincar no mato. Ele praticou na floresta, mas nunca conseguiu acertar o alvo. Ficando um pouco desanimado, ele voltou para o jantar. Como ele estava andando para trás, viu o pato de estimação da vovó...

Em um impulso, ele acertou o pato na cabeça e matou-o. Ele ficou chocado e triste! Em pânico, ele escondeu o pato morto na pilha de madeira! Sally (sua irmã) tinha visto tudo, mas ela não disse nada. Após o almoço no dia seguinte, a avó disse: "Sally, vamos lavar a louça" Mas Sally disse: " Vovó, Johnny me disse que queria ajudar na cozinha " Em seguida, ela sussurrou-lhe: "Lembra-te do pato? '

Assim, Johnny lavou os pratos. Mais tarde naquele dia, vovô perguntou se as crianças queriam ir pescar e vovó disse: "Me desculpe, mas eu preciso de Sally para ajudar a fazer o jantar."

Sally apenas sorriu e disse, "está tudo certo, porque Johnny me disse que queria ajudar" Ela sussurrou novamente, "Lembra-te do pato?" Então Sally foi pescar e Johnny ficou para ajudar.

Após vários dias de Johnny fazendo o trabalho de Sally, ele finalmente não aguentava mais. Ele veio com a avó e confessou que tinha matado o pato. A avó ajoelhou, deu-lhe um abraço e disse:

"Querido, eu sei... eu estava na janela e vi a coisa toda, mas porque eu te amo, eu te perdoei. Estava me perguntando quanto tempo você iria deixar Sally fazer de você um escravo."

Pensamento:

Qualquer que seja o seu passado, o que você tenha feito... mentiras, enganações, medo, luxúria, inveja, ira, cobiça, maus hábitos, desejo de vingança, amargura, etc... você precisa saber que: Deus estava de pé na janela e viu a coisa toda. Ele viu toda a sua vida... e quer que você saiba que Ele te ama e que você está perdoado. A grande coisa acerca de Deus é que quando você pedir perdão, Ele não só perdoa, mas Ele se esquece.

É pela graça e misericórdia de Deus que somos salvos.

Autor Desconhecido


segunda-feira, 15 de agosto de 2011

O ARREBATAMENTO DA IGREJA (UMA REVELAÇÃO) OUÇAM...

.