sábado, 14 de abril de 2012

SAIBA QUEM É SATANÁS...

A Paz do Senhor á todos. Quero trazer uma mensagem que vai ter ajudar a conhecer seu adversário, aquele que tenta de contínuo contra a vida do homem e tudo que se chama por Deus. Primeiro de tudo quem é nosso real inimigo? Satanás ? Correto! A bíblia do princípio ao fim mostra essa batalha contra o homem. Vamos ler Ez. 28.12-14 Filho do homem, levanta uma lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Assim diz o Senhor Deus: Tu eras o selo da medida, cheio de sabedoria e perfeito em formosura. Estiveste no Éden, jardim de Deus; de toda a pedra preciosa era a tua cobertura: sardônica, topázio, diamante, turquesa, ônix, jaspe, safira, carbúnculo, esmeralda e ouro; em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados. Tu eras o querubim, ungido para cobrir, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras afogueadas andavas”. Sabemos quem é Satanás agora. Apesar de nosso adversário não mais ter formosura e glória, Deus não o destituiu de seu grande poder, astucia e sagacidade. O grande triunfo de satanás é fazer com que as pessoas acreditem que ele é apenas uma lenda, um mero personagem que não pode fazer mal algum. Outro grande erro causado pelo homem é subestimar o grande poder do inimigo. Muitos crentes cheios do Espírito, teimam em brincar com o inimigo, incitá-lo, desafiá-lo, sendo que a Palavra nos ensina totalmente ao contrário. Em Tg 4.7 diz: “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós”. Esse é o que a bíblia ensina para todo o crente, ser submisso a Deus e deixar que Seu poder e grande glória de o pago ao diabo, da mesma maneira que fez o Arcanjo Miguel em Jd 6 “Mas o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele; mas disse: O Senhor te repreenda. Nosso compromisso na batalha diária não é desafiar a satanás e sim se sujeitar ao poder de Deus. 


Vejamos como exemplo todas as guerras que existiram, o que de mais importante podemos tirar como lição? Esses generais estudavam seus inimigos, montavam estratégias, levantavam seus pontos fortes e fracos e planejavam a hora de atacar e a hora de se defender. Para o crente é a mesma coisa, TODOS devem conhecer seu real inimigo, como ele age e como quer destruir o homem, a criação de Deus. Satanás é altamente destrutivo, a bíblia dá vários adjetivos a ele, como: SATANÁS = ADVERSÁRIO(Zc 3.1) - ACUSADOR(Ap 12.10) - DRAGÃO(Ap 12.7) -  DIABO = DIFAMADOR(1Pe 5.8) - HOMICIDA e MENTIROSO(Jo 8.44) - SEDUTOR(Ap 20.10) -  DESTRUIDOR (Ap 9.11) - TENTADOR (Mt 4.3) e MALIGNO (Mt 13.38). Ao contrário de nosso adversário que só pode causar o mal nosso, Jesus é atribuído pela bíblia como: - Cordeiro de Deus  -  Príncipe da Paz  - Alfa e ômega  - Autor da vida – Ungido  - Emanuel (Deus conosco). Satanás pela sua personalidade e essência tem por objetivo apenas a destruição do homem e se opor a todas as coisas de Deus. Em Jo 10.10 Satanás vem apenas para roubar, matar e destruir, mas Jesus vem para que os homens tenham vida e vida em abundância. A estratégia do inimigo é muito mais organizada do que imaginamos, seus propósitos são 1.Causar dor e sofrimento - At 10.38; 2. Colocar maus propósitos no coração -  Jo 13.2; At 5.3; 3. Acusa os servos diante de Cristo - Ap 2.10; 4. Impedir a realização de planos -  1Ts 2.18; 5. Tentar atormentar os servos de Deus - Lc 22.31; 2Co 12.7; entre outros inumeráveis planos contra os homens e as ações de Deus. Na parábola do semeador, Jesus ilustrou como satanás busca arduamente retirar do coração do homem a Palavra da salvação. Mt 13.3-9 Escutai vós, pois, a parábola do semeador. Ouvindo alguém a palavra do reino, e não a entendendo, vem o maligno, e arrebata o que foi semeado no seu coração; este é o que foi semeado ao pé do caminho. O que foi semeado em pedregais é o que ouve a palavra, e logo a recebe com alegria; Mas não tem raiz em si mesmo, antes é de pouca duração; e, chegada a angústia e a perseguição, por causa da palavra, logo se ofende; E o que foi semeado entre espinhos é o que ouve a palavra, mas os cuidados deste mundo, e a sedução das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera; Mas, o que foi semeado em boa terra é o que ouve e compreende a palavra; e dá fruto, e um produz cem, outro sessenta, e outro trinta”.  

Não existe idade ou tempo, nosso adversário lutará contra aqueles que tentamos converter, os recém convertidos, os santos de carreira na fé, não importa, mas existe aqueles que vencem, os que dão fruto, um cem, outros sessenta e outros trinta. Satanás conhece a palavra de Deus mais do que qualquer ser humano que já existiu ou existirá. Desta forma quando Jesus foi tentado no deserto ele á usou contra o Senhor, mas diante de todos esses fatos, Jesus nos ensinou como podemos vencer nosso adversário. Está em Mt 4.1.11 - Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome; E, chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães. Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus. Então o diabo o transportou à cidade santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo, E disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, E tomar-te-ão nas mãos, Para que nunca tropeces em alguma pedra. Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus. Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. Então o diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviam. Jesus usou a própria Palavra contra satanás. Veja que no primeiro momento quando o diabo mandou que Jesus transformasse as pedras em pães, o Senhor mostrou que a palavra é suprimento do homem, o que o sustenta, pois não só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus. Jesus no segundo momento á usou como defesa, dizendo quando foi induzido e provocado, “também está escrito, não tentarás o Senhor teu Deus”. E por último Jesus á usou como ataque, dizendo: “Vai-te satanás...”. Jesus derrotou satanás naquele momento com a própria palavra de Deus e isso devemos fazer de contínuo em nossa vida. Nosso inimigo virá ferozmente contra nós, sempre no intuito de nossa queda e derrota e o crente prudente e sábio na palavra de Deus terá a vitória, pois não se deixará seduzir com as mentiras do diabo, com qual astúcia também tentou á Jesus. Se tentou ao próprio Senhor, o que dirá de nós? Sejamos prudentes e sábios, sabendo do grande poder do inimigo para não subestimá-lo e menosprezá-lo, mas também saber de nosso poder em Cristo Jesus para não sermos intimidados por ele, sabendo que nossa vitória está no poder do sangue de Jesus. Paulo em Efésio 6.10... em diante, mostra contra quem lutamos, nossas armas e como usá-las, usemos dela no dia a dia, assim teremos vitória sobre o inimigo, se com prudência, sabedoria e santidade estivermos com Deus e sua palavra, nenhum poder das trevas poderá contra os escolhidos do Senhor. Medite na Palavra de Deus, estude ela de contínuo, saiba que ela te faz conhecer a vontade de Deus e Sua Justiça.

Um comentário:

Daniele Lima disse...

muito legal, aprendi mais ainda como repreender nossos inimigos , e com a própria palavra. palavra de Deus.

Postar um comentário