quinta-feira, 26 de julho de 2012

O PREÇO DE DESPREZAR A DEUS

Quando Deus criou o homem a sua imagem e semelhança, aspirou uma comunhão contínua e eterna com ele. Adão e Eva viam á Deus como Ele é, face a face. Toda manhã o Senhor passeava no jardim do Éden e conversava com eles, mas o homem em muito pouco tempo jogou fora toda essa comunhão que podiam ter. Muito aconteceu a partir daí, ouve a separação espiritual do homem que conhecia a glória de Deus e antes a comunhão direta que existia, se foi e o Espírito Santo passou a ser o mediador para o homem poder ter comunhão com o Senhor. O que proporciona o homem em conhecer agora á Deus são as revelações do Espírito Santo através da Palavra Escrita, a Palavra de Deus. É importantíssimo que estudemos continuamente as escritas, pois é através dela que podemos conhecer a boa, agradável e perfeita vontade de Deus. Porém para aqueles que rejeitam esse conhecimento, desprezam o conhecer a Deus pagam um preço por essa desobediência. É claro que o Senhor não é injusto para com o homem. Todos nós temos o livre arbítrio e podemos escolher qual caminho seguir. Mas seria uma tolice escolher o caminho que não seja de Deus. Não por que Ele possa ser vingador, ao contrário, por tamanha misericórdia, longanimidade e amor que tem por nós. E esse amor eterno por nós faz com que Deus tenha um desejo enorme de reaver a comunhão com os homens. Ao longo dos séculos os profetas, os apóstolos e escritores inspirados pelo Espírito declararam em palavras a vontade do Senhor para todos os homens que conhecemos como Bíblia, um compilado de livros que unidos o conhecemos hoje. Mas como disse, por causa desse tamanho amor de Deus por nós, a ponto de Jesus ter vindo como homem e morrido no calvário pelo pecado da humanidade, Deus não poderia apenas ignorar o homem que o ignora, mas em Sua grande Justiça, Ele faz justiça, pois não foi um sacrifício barato que Jesus fez por nós. 

O que acontece com aqueles que desprezam a Palavra de Deus? Quero usar como exemplo o povo de Israel nos tempos do profeta Oséias. Ele profetizou e ensinou por muitos anos ao povo de Israel, mas essa nação não quis dar ouvidos ao Senhor e quando rejeitamos a sabedoria das escrituras é estabelecida uma inimizade entre Deus e o homem  (Os 4.1) – “OUVI a palavra do Senhor, vós filhos de Israel, porque o Senhor tem uma contenda com os habitantes da terra; porque na terra não há verdade, nem benignidade, nem conhecimento de Deus”.  Isso é causado pela falta de conhecimento de Deus, maldade e mentira que passam a habitar no coração do homem. Se lermos parte do que Paulo escreveu aos Romanos, veremos que também o homem e entregue a sentimentos pervertidos (Rm 1.28) “E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm”. Deus as abandona as práticas do mal e para seus próprios caminhos por desprezarem sua palavraEm provérbios da mesma maneira temos o preço por essa rejeição e desprezo da Palavra (Pv 1.29-31) “Porquanto odiaram o conhecimento; e não preferiram o temor do Senhor: Não aceitaram o meu conselho, e desprezaram toda a minha repreensão. Portanto comerão do fruto do seu caminho, e fartar-se-ão dos seus próprios conselhos”. 

Sabiamente se entende que qualquer pessoa que despreza os conhecimentos de Deus não poderá ir bem em seus caminhos, visto que toda a sabedoria vem do Senhor e que fora Dele teremos apenas os maus desígnios desse mundo onde o príncipe desse século é Satanás. Pois sem Deus caímos nesse provérbio (Pv 14.10) “A caminhos que para o homem parece reto, mas o fim deles é a morte”. Como descrito na história de Israel pelo profeta Oséias, o povo de forma alguma estava ligada aos ensinamentos do Senhor e o que isso os trouxe mais? DESTRUIÇÂO. Tiveram uma vida uma vida catastrófica, sendo invadidos pelas nações inimigas, saqueados, escravizados. (Os 4.3) “Por isso a terra se lamentará, e qualquer que morar nela desfalecerá, com os animais do campo e com as aves do céu; e até os peixes do mar serão tirados”. E que lição podemos tirar também para nossas vidas? Uma vida fora da presença do Senhor jamais poderá ser uma vida de benção. É claro que até por certo momento alguém pode saborear alguma virtude e prosperidade, seja ela qual for, mas no fim sempre haverá a perda, enfermidade, miséria, solidão, depressão e a morte e morte sem salvação. Lembre-se, a prosperidade é a prosperidade do mundo, que vem dos enganos do diabo e não podem ser duradouras, mas aquilo que vem do Senhor é duradouro, firme e constante e traz alegria e paz ao coração. O desprezo da palavra levará ao homem sua própria destruição (Os 4.6) “O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos”. 

A falta de conhecimento faz com que as pessoas virem mundanas, convivam com as práticas do mal e do pecado, algo que jamais poderá trazer o homem para perto de Deus. E por fim são julgadas pelo Senhor (Os 4.9) “Por isso, como é o povo, assim será o sacerdote; e castigá-lo-ei segundo os seus caminhos, e dar-lhe-ei a recompensa das suas obras”. Deus não pode compactuar com as práticas do pecado do homem, ainda mais depois de insistentemente querer ganhar o coração do homem e esse rejeitá-lo. O desejo de Deus é que todos os homens se salvem e venham ao conhecimento da verdade (1Tm 2.4). Dessa maneira, não podemos desprezar o que de Deus veio pela graça e de graça. Sabemos que as escrituras falam e testificam do Senhor e através dela podemos conhecer mais a fundo a vontade Dele e conhecer seus mistérios pelo Espírito Santo. Mas se damos mais importância a tudo nessa vida como a televisão, nossos passatempos, nossas vontades e prazeres, como poderemos aprender do Senhor? Façamos como o escritor do salmo (119.97.... 119.130). Vamos separar uma parte de nossas vidas para estudar a palavra, compreendê-la, aprender o que Deus quer de nós. Não há desculpa, simplesmente não existe o que podemos justificar diante de Deus para alegarmos que não tivemos tempo para ler a palavra ou para orar durante o dia, não existe. Em algum momento fomos ler um jornal ou assistir, ou bater papo furado por minutos com alguém, ou apenas ficamos no sofá meditando no nada... ou assistimos um filme, ou apenas não fizemos nada. Não podemos enganar a Deus. É triste para Deus? Sim, mas muito mais para nós, pois Deus deseja que o conheçamos e nós dependemos totalmente dele e não o contrário. Jesus abençoe a todos.

5 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Olá meus queridos irmãos. Paz e graça de Jesus.
Parabéns pelo blog muito edificante. Eu acredito que; crescemos quando lemos, quando partilhamos.
Aprendendo uns com os outros, crescemos na graça e conhecimento da Palavra.
Aproveito a oportunidade para partilhar também meu blog. Contém ensinos, de crescimento, edificação e exortação, muitos poemas e algumas músicas tudo dentro do carisma evangélico.
Ficarei feliz por vossa visita e muito mais ainda se nos seguir.
Que Deus continue a abençoar-vos ricamente. António Batalha.

silvanaespeschit disse...

Uma coisa eu percebo quando medito nas Escrituras e é que há uma enorme divergência entre o que elas dizem e o que os pastores estão fazendo nos púlpitos. Só para citar um pequeno exemplo: Enquanto a Escritura nos exorta de que não podemos viver pela carne, mas que pelo Espírito devemos fazer morrer nossa natureza terrena (Colossences 3:5), a mensagem dos púlpitos somente apregoa as supostas bênçãos financeiras, da saúde e no(s) casamento(s).É como o pedreiro que faz uma parede sem usar o prumo.

Anônimo disse...

É muito importante para nossas vidas buscar Deus e o conforto que ele nos trás. Quando agente pega a bíblia e ler, dentro de nóis fica um conforto enorme. Deus nós acalma. Quando estamos em desespero, aflitos, triste e pegamos a bíblia ou falamos com Deus ele nós acalma. Ele coloca uma esperança muito grande em nossos corações " de que tudo isso irá passar". Quantas vezes deixamos de procurar a sabedoria de Deus por preguiça ou por tomar outras coisas mais importantes do que a palavra de Deus. Quantas vezes deixamos de agradecer a Deus por o dia que nós foi dado. Deus fica muito triste com isso. Deus fez tanto por nóis, porquê não retribuimos da forma que ele merece? Mais Deus é tão maravilhoso com as pessoas que ás perdoa. Perdemos muitas coisas esquecendo de Deus. Pois lembre-se ele tem maravilhas para nóis. E a nossa vida com Deus é muito maravilhosa.

felipe demio da silva disse...

nós devemos a todo instante e momento buscar ao senhor em primeiro lugar da nossa vida, pois o inimigo está tem tando e tira nós da presença de DEUS.

felipe demio da silva disse...

nós devemos a todo instante e momento buscar ao senhor em primeiro lugar da nossa vida, pois o inimigo está tem tando e tira nós da presença de DEUS.

Postar um comentário